Como rejuvenescer

Como rejuvenescer

Como rejuvenescer 850 480 V.M. Samael Aun Weor

Fatores determinantes da saúde físico-anímica

O tempo é completamente subjetivo; não tem uma fonte objetiva, real; é uma invenção da mente.

É como acontece na questão esta da velhice. Nós dizemos: “tenho oitenta anos e, portanto, sou um idoso”. Sim, mas procurem-me os anos, onde estão? Eu gostaria que os colocassem em um laboratório esses tão cacarejados oitenta anos para examiná-los, para ver de que são, de que substância são feitos. Não existem!

A crua realidade das coisas, meus caros irmãos, é que houve uma sucessão de fenômenos em um organismo: novas células foram trocadas por células antigas; as novas, devido a processos equivocados na assimilação, na eliminação, etc., foram trocadas, tornaram-se aparentemente velhas, isto é, danificaram-se, deterioraram-se e depois são eliminadas. Por último, vão prevalecendo no organismo células em vias de eliminação, células desgastadas, e então dizemos: “sou um idoso de oitenta anos”. São células e nada mais! É uma questão de fenômenos, de mecânica celular, mas os anos onde estão? É mecânica celular o que há ali, processos mecânicos defeituosos.

Façamos processos mecânicos harmoniosos; vamos criar novas células; vamos estabelecer ritmos perfeitos em nosso organismo; colocar para girar os vórtices dos chacras: o occipital, o frontal, o laríngeo, o hepático, o prostático, as duas “rodas” dos joelhos. Claro, eles são vitais para o organismo e, juntos, todos os chacras são vitais. Por ali entra a vida, entram os tattvas no interior do corpo. Esses tattvas entram, sim, e não voltam a sair porque se convertem, dentro do organismo, em hormônios. E “hormônio” vem de uma palavra grega que significa “ânsia de ser”, “força de ser”.

Interessante é que os tattvas entram pelas portas dos chacras nas glândulas de secreção interna, e que em tais glândulas se convertem em hormônios. Se colocamos para girar os chacras intensamente, criaremos hormônios em quantidades anormais, e estes, por sua vez, criarão tecidos e células novas, e teremos um organismo novo sempre. Então, em que terá ficado a tão cacarejada velhice e os oitenta anos? Vamos ao grão, vamos aos fatos, meus caros irmãos, vamos aos fatos!

Agora, tenham vocês em conta – e é bom que saibam – que os hormônios mais poderosos do organismo humano estão nas glândulas sexuais de secreção interna – nas glândulas sexuais, repito. Pensem por um momento no que são os hormônios sexuais, os zoospermas sexuais; isso é extraordinário.

É claro – e vamos aos fatos – que os testículos têm três camadas. A primeira camada testicular tem células que nos permitem viver, e sua atividade se manifesta muito especialmente durante os primeiros sete anos da infância. Então passamos todos pela regência da Lua. Mais tarde, dos sete aos catorze, sob a regência de mercúrio, entra em atividade a segunda camada testicular, que define muito bem o sexo do varão. E muito mais tarde, dos catorze aos vinte e um, sob a regência de Vênus, entra em atividade a terceira camada testicular que é a que produz abundantes zoospermas. Esses zoospermas, quando produzidos na terceira camada testicular, ascendem pelo testículo adjacente, seguem pelo cordão espermático rumo às vesículas seminais até chegar à próstata.

Interessantíssimo resulta saber que, conforme esses zoospermas vão subindo pelos cordões espermáticos, vão se eletrificando, carregando-se de uma grande eletricidade; e o mais curioso é que se imantam indo de sul a norte, ou seja, funcionam como a bússola, de sul a norte. Eles também se orientam de sul a norte, eletrificados, imantados.

É interessantíssimo vê-los passar de um canalzinho para outro subindo, subindo, subindo pelos cordões espermáticos até chegar realmente às vesículas seminais, onde se purifica ainda mais o esperma e se eletrifica mais e se refina. O mais depurado continua a subir – todos esses zoospermas – até chegar à próstata.

Aqui há um chacra muito importante, claro; indubitavelmente, aqui está o chacra da magia, que será fundamental na magia interna da transmutação sexual, e a transmutação sexual tem como base a próstata.

O chacra prostático é importantíssimo, interessantíssimo. Esse esperma, realmente, se purifica totalmente, torna-se completamente radioativo, torna-se completamente sutil, eletromagnético, etc.; é transformado em energia, especialmente quando se trabalha com o Sahaja Maithuna. Mediante o trabalho com o Sahaja Maithuna, ele se transforma completamente em energia.

A energia sobe pelos cordões de Ida e Pingala, e depois os zoospermas se decompõem em hormônios, os hormônios passam pela membrana; finalmente, entram na circulação sanguínea e estimulam ativamente todas as glândulas de secreção interna, as colocam a trabalhar com intensidade extraordinária, e depois sobem, continuam seu curso ascendente até o cérebro. Aí colocam em atividade áreas do cérebro que já não trabalham, que estão degeneradas; dinamizam todas as células cerebrais, colocam em ação determinados poderes latentes no homem, etc.

Desgraçadamente, e isso é o mais grave, meus caros irmãos, as pessoas estão degeneradas. Os machos vulgares, comuns e correntes não deixam nem mesmo ascender os zoospermas até a próstata. Nas vesículas seminais, os regressam, os eliminam para a satisfação de seus impulsos brutais.

Nessas circunstâncias, o cérebro se degenera terrivelmente por falta da ascensão de hormônios – não recebe hormônios sexuais, perde sua capacidade de ação. Faculdades latentes no homem atrofiam porque não há estímulo suficiente de hormônios sexuais que são tão poderosos. Eu disse: elas têm poder para colocar em atividade todas as glândulas de secreção interna, para fazê-las produzir hormônios de todo tipo que dinamizem o organismo vivo.

Ademais, há que ter em conta outros fatores. Vejam vocês: a força sexual é a que produz no feto o fenômeno da mitose. Entenda-se por mitose a divisão das células com o propósito de gestação humana ou animal, ou o que for. Bem. A presença da energia criadora faz com que a célula original – que tem, como já se sabe, quarenta e oito cromossomos[1] – se divida em dois, que as duas se dividam em quatro, e as quatro em oito, etc., formando-se assim os tecidos, os órgãos e assim por diante. Esse é o processo de gestação, de formação das criaturas dentro do ventre materno.

Quero dizer-lhes agora, levando isto ao campo da transmutação sexual, que os hormônios sexuais, ativos dentro do sangue, carregados de eletricidade e de magnetismo, irão produzir no organismo vivo – humano, do adulto – os processos de mitose, isto é, novas divisões de células que, naturalmente, irão originar a criação de novos tecidos, jovens carnes. Eis aqui, do ponto de vista biológico, como se alcança a completa regeneração ou rejuvenescimento do organismo humano.

Mas necessitamos criar – necessitamos criar, repito – nova carne, novo sangue, nova vida no corpo; é preciso eliminar doenças, etc. Não há dúvida de que aquele que tem uma esposa-sacerdotisa consegue tudo isso. E por meio do Vajroli, consegue-se também esse processo biológico de transmutação da força sexual e o sábio aproveitamento dos hormônios para o bem do organismo humano. Isso é claro, e eu quero que vocês entendam isso de uma forma específica, definida.

Qual é a diferença entre os jovens da nova onda e os velhos antiquados e retardatários? Uma: que a terceira camada testicular de um jovem está produzindo hormônios sexuais em quantidades alarmantes, zoospermas de montão. Todos esses zoospermas, transformados em hormônios, vão ao cérebro e dão-lhes novas idéias, uma mentalidade revolucionária, abrem-se para o novo, etc.

Em vez disso, os pobres velhos que já gastaram o esperma sagrado, que foram degenerados pelo abuso sexual, 4 estão 5 francamente moídos. A terceira camada testicular já produz muito poucos zoospermas, demoram muitas vezes dias e meses para ter zoospermas suficientes para conseguir uma ereção fácil; e claro, quando eles conseguem a tal ereção, imediatamente vão ao coito e eliminam os zoospermas, e passam outros quinze ou vinte dias, ou um mês ou mais acumulando novos zoospermas. Quando já os têm, vão imediatamente desperdiçá-los para a satisfação passional de um momento, e assim eles vão passando sua vida até morrerem.

Claro, não tendo os zoospermas em quantidades alarmantes, atrofiando-se totalmente a terceira camada testicular até quase não produzir mais nenhum, acontece que a segunda, devido a essa questão, produz suas células ou hormônios, mas estas, já [se produzem] em fluidos que já não conseguem passar para a terceira camada devido à atrofia da mesma. Então até vêm certos inchaços e inflamações entre a segunda e a terceira camada, e depois, o pior: isto vem a afetar, por consequência lógica, a próstata. Quase sempre esses pobres velhos degenerados são operados da próstata devido a esses abusos. Isto é claro, eu quero que vocês entendam isso de forma específica e definida.

Os pobres velhos, ao não produzir em sua terceira camada testicular zoospermas em quantidades alarmantes, não têm ideias novas, porque suas células cerebrais estão atrofiadas. Determinadas áreas não trabalham, ficam com o que aprenderam no passado e tornam-se velhos retardatários que não admitem nada de novo; antiquados, com idéias rançosas e torpes do ontem.

Claro, eles colidem com a juventude, porque a juventude está produzindo zoospermas novos, têm idéias novas e se abrem para o novo; e então vem o choque entre o novo e o velho. Essa é a diferença que há entre os jovens da nova onda e os homens velhos. É uma diferença completamente biológica, sexual. Entendam-no com clareza.

Por isso, quero que aproveitem o Vajroli-Mudra tal como lhes foi ensinado para a transmutação, e aqueles que têm mulher, que pratiquem Magia Sexual.

O Quinto Evangelho, capítulo “Fatores determinantes da saúde físico-anímica” (Como rejuvenescer)
Samael Aun Weor

*

code