O Quinto Evangelho

O Quinto Evangelho 980 551 V.M. Samael Aun Weor
O Quinto Evangelho

Desde tempos imemoriais com Moisés, Jesus de Nazaré, Buddha Siddharta Gautama, Krishna, Mani e alguns espíritos esclarecidos, passando pelos antigos e verdadeiros Templários à cabeça dos quais temos que situar o Grande Mestre Jacques de Molay, a célebre e feroz Joana d’Arc, etc., etc., etc., nunca se mostrou à humanidade o tão ansiado Caminho de Hermes, capaz de religar a alma humana com seu Espírito Divino, como o fez o Venerável Mestre e Avatara da Era de Aquário: Samael Aun Weor… Esta obra magna que leva por título O QUINTO EVANGELHO, com todo seu enigmático e profundo conteúdo, constitui o maior esforço que uma Hierarquia Divina fez até agora por tratar de levantar totalmente o Véu do Mistério, o Véu de Ísis, para que toda pessoa de qualquer sexo, cor, língua, continente ou credo religioso tenha, finalmente, acesso ao portal da Verdade e, ao mesmo tempo, tenha o conhecimento das regras e métodos que são necessários para adentrar na majestosidade que rodeia o Reino do Eterno. Sim, amigo leitor, foi graças à encarnação do Quinto Anjo do Apocalipse – V. M. Samael – que foi possível que hoje sejamos testemunhas viventes da entrega suprema das mais ocultas chaves que fazem possível a regeneração do Humanoide Racional para convertê-lo novamente naquele Adão que, segundo as mais remotas tradições, Deus criou à sua imagem e semelhança com o propósito de fazê-lo soberano e rei da própria natureza. O Homem, caro leitor, leva em seu interior as infinitas possibilidades que lhe permitiriam não apenas chegar a conhecer a si mesmo, mas também ao cosmos ou universo do qual ele forma parte, para mais tarde, se assim quisesse, chegar a fundir-se com o Agnostos Theos da tradição gnóstica. Louvor ao bendito Buddha Maitreya! Louvor ao Ginete do Cavalo Branco do Apocalipse de São João! Louvor a Samael Aun Weor e sua quinta trombeta, o Quinto Evangelho, sem o qual resulta impossível compreender os outros quatro anteriores!!! Que o escutem os séculos, que o ouçam as idades, que o recorde a eternidade! Samael Aun Weor se levantou, se enalteceu e essa raça Ária tem agora em suas mãos a última palavra: ou se decide a regressar de uma vez por todas ao Reino da Luz, ou terá de submeter-se ao juízo das nações, terminando por entrar no abismo soterrado dos mundos infernos, do qual falam todas as sagradas escrituras!!!