Govori MUTUS LIBER

Fala o Mutus Liber

Fala o Mutus Liber 1577 887 V.M. Kwen Khan Khu

A Alquimia, essa ciência milenar que prometia aos seus adeptos a transformação do chumbo – da personalidade – no ouro – do Espírito –, recobra novamente importância com a revelação que nos f…

Fala o gnosticismo

Fala o gnosticismo

Fala o gnosticismo 1691 951 V.M. Kwen Khan Khu

A obra que apresentamos é crucial para aqueles que querem esclarecer suas dúvidas metafísicas e entender melhor tanto os tempos que vivemos como as questões transcendentais que explicam os m…

33 Gravuras alquímicas desveladas

33 Gravuras alquímicas desveladas

33 Gravuras alquímicas desveladas 2033 1143 V.M. Kwen Khan Khu

O mesmo autor que fez falar o Mutus liber – o livro mudo da Alquimia –, o V. M. Kwen Khan Khu, oferece em 33 GRAVURAS ALQUÍMICAS DESVELADAS, através de uma incursão por múltiplas imagens hieroglíficas de simbologia alquimista, um aprofundamento sobre a mensagem escondida em cada uma delas.

Arquetipos Gnósticos Eternos

Arquétipos gnósticos eternos

Arquétipos gnósticos eternos 1972 1109 V.M. Kwen Khan Khu

Uma viagem extraordinária pelo universo inesgotável dos arquétipos cósmicos é o que nos apresenta o autor desta obra intitulada ARQUÉTIPOS GNÓSTICOS ETERNOS.

O enigma dos sonhos

O enigma dos sonhos 1583 890 V.M. Kwen Khan Khu

“Um sonho sem interpretar é como uma carta sem abrir”. Uma vasta quantidade de informações vem sendo publicada sobre a simbologia onírica, milhares de livros são escritos e, no entanto, não …

Emblemas Rosacruces de Daniel Cramer -develados-

Emblemas rosacruzes de Daniel Cramer -desvelados-

Emblemas rosacruzes de Daniel Cramer -desvelados- 1581 889 V.M. Kwen Khan Khu

Apresentamos ao leitor uma nova publicação do V. M. Kwen Khan Khu, que leva por título Emblemas Rosacruzes de Daniel Cramer – desvelados. Uma nova obra-prima que, como tal, só poderia ser re…

Egito gnóstico, o

Egito gnóstico, o 1593 896 V.M. Kwen Khan Khu

Egito, esse belo e milenar país vestido com as águas do Nilo, tem sido há séculos fonte de inspiração e motivo de análise por parte de especialistas, artistas, poetas, historiadores, etc., e…

Comentários alquímicos

Comentários alquímicos 1570 883 V.M. Kwen Khan Khu

A Idade Média floresceu de maneira esplendorosa na França, onde os maçons –‘pedreiros’– erigiram em pedra gloriosos templos, colofão do gótico, como se tratassem de orações ao Altíssimo. E, …

Axiomas de la Kábala

Axiomas da Cabala

Axiomas da Cabala 1657 932 V.M. Kwen Khan Khu

Falar de hermetismo é, necessariamente, falar de quem deu nome a essa tradição filosófico-mística: Hermes Trismegisto, o três vezes grande.

O Sacratíssimo Terceiro Logos

O Sacratíssimo Terceiro Logos

O Sacratíssimo Terceiro Logos 1576 886 V.M. Samael Aun Weor

O terceiro aspecto da força única original, e que é conhecido como Shiva, Binah, Espírito Santo, etc. em sua polaridade masculina, e Shakti, Kundalini, Virgem Maria, etc. em sua polaridade feminina, é para as religiões mortas uma entidade realmente desconhecida, da qual se fala sem saber com clareza do que se trata.